Aprenda a escolher a carne para a receita perfeita

30, jun, 2016 | Dicas

Aprenda a escolher a carne para a receita perfeita

 

Não é fácil escolher e preparar os variados cortes bovinos oferecidos, um produto de confiança e qualidade reflete no resultado final de uma receita. Aprenda agora como escolher uma peça de carne e qual é o corte ideal para deixar sua receita perfeita.

Uma boa carne bovina é preferência nacional, e algumas dicas são importantíssimas no momento da escolha da carne e do corte, para verificar qual é adequado para a sua receita. Nem todo corte de carne bovina pode ir diretamente para a chapa e alguns requerem muito, mais muito cuidado no momento do preparo.

Primeiramente é preciso encontrar um lugar de confiança para fazer a compra, é de extrema importância cuidar para que a carne seja de qualidade, tendo em vista que isso faz muita diferença no resultado final, qualidade é tudo. Verifique coloração da carne, ela deve estar totalmente vermelha, isso demonstra que ela está macia e fresca, além disso, ela precisa ter uma camada saudável de gordura.

No ato do preparo sempre use uma faca adequada para cortar a carne, nada de faca com serras. O corte deve ser feito contra as fibras, garantindo um corte macio desde o pré-preparo. Um corte pode ser: assado, refogado, grelhado, cozido ou frito. A maciez e o ponto perfeito dependem do corte escolhido para a receita, cada um exige um preparo específico. Acompanhe alguns cortes e a maneira correta para preparar cada um.



Dicas para escolher e preparar o corte bovino perfeito

 

Chateaubriand: é uma generosa porção de filé, com aproximadamente 5 a 8 cm de altura, servido com uma crosta bem feita e maciez interna incomparável, pesa em média 350 a 400g. Este corte é uma especialidade francesa. Para preparar o chateaubriand recomenda-se selar a peça em uma frigideira com manteiga e terminar o cozimento no forno, um corte de aproximadamente 350g leva 10 minutos para ficar ao ponto, bem rosada por dentro e muito suculenta e 15 minutos para uma peça bem passada internamente.

Tournedor: é um corte Francês, feito com filé mignon, tem metade de um chateaubriand, com 200 a 250g de carne. Também recomenda-se selar a peça em uma frigideira bem quente com algum tipo de gordura por aproximadamente 3 minutos de cada lado para um corte ao ponto, bem rosado, caso prefira a opção bem passada abafe com uma tampa que o vapor termina o cozimento.

Medalhões: tem em torno 90 a 120g e seu corte é redondo bem simétrico, o preparo exige a selagem por poucos minutos para alcançar o ponto ideal, é um corte para preparos rápidos.

Ojo de bife: é feito normalmente com contrafilé, considerado um corte nobre, é perfeitamente esculpido em forma de círculo, retirada toda a capa de gordura que fica em volta e tem 2 dedos de espessura. Para prepara-lo leve a peça para uma grelha a uma distância de 10cm das brasas, e vire a peça apenas uma vez durante 15 minutos para atingir o ponto ideal do corte, sirva em fatias grossas.

Cortes mais populares

 

Escalope: é um bife de fatias finas, média 60 a 70g com o corte no sentido transversal das fibras. O perfeito bife acebolado é feito com ele. Recomenda-se selar rapidamente os escalopes e não virar muito durante o preparo para que o suco se mantenha dentro da carne.

Bife à rolê: é aquele fino bife enrolado, que pode ser recheado com bacon, legumes e uma infinita variedade de opções.

Corte oriental: são os cubos bem pequenos, ideal para aquele picadinho.

Emincé: são pedacinhos ou tiras de cortes de carne, muito usados em strogonoff. Uma boa dica é aproveitar o que sobra dos cortes maiores pra fazer esse.

T-Bone: é retirado do centro do filé mignon e final do contra filé. É separado pela espinha dorsal do boi, o que possibilita em um único pedaço, dois sabores distintos. Além de ser muito difícil atingir o ponto ideal nos dois lados que estão presentes em um único corte. Recomenda-se preparar o T-Bone com poucos ingredientes para manter a nobreza e o sabor do corte.

Bife Ancho: é retirado do espinhal dorsal do lado da cervical do boi. É composto por duas carnes: o lado externo: mais suculento e macio e a parte interna: mais volumosa e também saborosa. Prepare a peça na frigideira com manteiga para aumentar a suculência e criar crosta.

Fraldinha: tradição já conhecida em termos de sabor, a fraldinha é retirada da parte entre o traseiro e a costela do Boi. Ideal para churrascos.

Aqui no Caseratto, todos os cortes são do parceiro Beef Bistrô. Nossa certificação de confiança e qualidade para pratos surpreendentes. Vem pro Caseratto e entenda o que é um Steakhouse de responsa.

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Pin It on Pinterest

Share This