Um pneu que dá estrelas

Um pneu que dá estrelas

Um pneu que dá estrelas

Eu sei, o título desse post é bem curioso. Um pneu que dá estrelas? Qual a relação entre uma marca de pneu e os restaurantes mundo afora? Acertou quem pensou em Michelin e seu guia de restaurantes. A história por trás desse guia você confere aqui.

A ideia é bem antiga e começou em 1900 pelo fundador da indústria de pneus Michelin – André Michelin. Seu objetivo não tinha nada a ver com restaurantes no início. Na verdade ele queria criar um vínculo afetivo entre o automóvel e o turismo e indiretamente promover a sua marca.

O Guia Michelin foi ganhando proporções inesperadas e tornou-se o principal indicador dos melhores restaurantes e hotéis da França e, depois, do mundo.

Atualmente são 4 guias divididos da seguinte forma:

  1. Guia Gourmant – é um guia exclusivo para restaurantes franceses.
  2. Guia Verde – guia visando o turismo relacionado ao patrimônio cultural e arquitetônico das cidades.
  3. Guia Prático – é um guia de bolso, com informações essenciais sobre cidades.
  4. Guia Vermelho – é o mais importante da marca e classifica os melhores restaurantes no mundo.



O Guia Vermelho

O guia é cheio de sigilo, mistério e a tiragem não é publicada. É o guia mais respeitado do mundo e classifica os restaurantes com 1 a 3 estrelas. 

Está presente em 30 países em 3 continentes, é considerado a maior referência da gastronomia mundial e são poucas as pessoas que têm acesso a sua produção.

Como é feita a avaliação no Brasil

A avaliação do Guia Michelin é feita por inspetores estrangeiros, que visitam anonimamente os restaurantes e seguem rígidos critérios de avaliação usados também nos outros 30 países onde o guia é editado. Além das visitas anônimas, os avaliadores sempre pagam a conta e devem manter total anonimato, não podendo revelar seu trabalho para ninguém. 

São avaliados, entre outros critérios, a qualidade dos ingredientes utilizados, domínio do sabor e técnicas culinária, a personalidade do chef em sua culinária, valor pelo dinheiro (value for money) e consistência entre as visitas. 

Antes de serem colocados nesta função, os agentes passam por um treino de seis meses a um ano, acompanhando um inspetor mais experiente em avaliações pelo mundo, para que saibam identificar o mesmo nível de qualidade em qualquer lugar.

O Brasil é o único país da América Latina contemplado pelo guia e não tem nenhum restaurante na categoria máxima de três estrelas.

A primeira edição do guia no Brasil foi realizada em 2015. Nenhum restaurante ganhou a nota máxima. Apenas um restaurante ganhou duas estrelas e outros dezesseis ganharam uma estrela. 

Veja o número de restaurantes brasileiros agraciados com estrelas desde a primeira edição do guia no Brasil.

Ano  Resturantes com 1 estrela Restaurantes com 2 estrelas
2015 16 1
2016 18 1
2017 18 1
2018 16 3
2019 10 2

fontes: 

https://viagens.sapo.pt/saborear/gastronomia/artigos/afinal-o-que-e-isso-de-ganhar-estrelas-michelin

https://funchalnoticias.net/2016/11/26/afinal-o-que-sao-estrelas-michelin/

 O Caseratto não possui nenhuma estrela, mas temos várias delícias no nosso cardápio que com certeza vão agradar o seu paladar. Venha conhecer!

 

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Você sabe o que é ragu ?

Você sabe o que é ragu ?

Você sabe o que é ragu?

Com a modernização da culinária e o acesso a informação comecam a surgir novos termos nos cardápios de bares e restaurantes. “Carne desfiada salteada na cebola”, “Camarão glaceado com molho barbecue”, “Filé de frango ao molho demi glace” e por aí vai. São tantos termos importados de outras culturas ou criados por um chef para um prato específico que às vezes nos perdemos na hora de fazer um pedido.

Hoje falaremos do ragu. Afinal de contas, você sabe o que é ragu ? O ragu é um molho a base de carne, Criado por Alberto Alvisi no século XVIII, na Itália.  É utilizado principalmente para acompanhar as famosas massas italianas. Fettuccine, rigatoni, fusilli são as mais utilizadas.

Com a popularização do molho, surgiram diversas variações adptadas ao paladar de cada país. Na Alemanha o ragu é à base de carne de porco. Na Hungria, o famoso Goulash é um ragu à base de vitela, carneiro, boi e diversas outras carnes, com bastante cebola e paprica. Já no Marrocos, o tagine, prato tradicional do país, é um ragu com diversos tipos de carnes, vegetais, frutas e especiarias.



Versões italianas

Na Itália, as duas principais variações são napoletano e bolognese. Na versão napoletana o ragu é feito com diferentes carnes cozidas em fogo médio durante horas, extrato de tomate, azeite, cebola, vinho tinto e água. Usado para acompanhar rigatonis ou fusilli com queijo parmesão. A carne é servida separada, em porções.

Na versão bolognese, o ragu é feito de carne moída com tomate e é usado em fettuccines e pappardelles.

No Caseratto, aprimoramos o ragu e criamos uma lasanha com ragu de costela. Foi uma inovação do nosso chef que tem dado muito sucesso. A receita você confere abaixo:

Massa

  • 1kg de farinha
  • 350g de gema
  • 250g ovo inteiro

Sovar e deixar descansar por 30min e abrir no cilindro

Recheio

  • Costela
  • Molho vermelho
  • Alho
  • Cebola
  • Salsa picada

Refogar temperos e colocar a costela desfiada e acrescentar molho vermelho. Deixar reduzir e ajustar o sal e acrescentar a salsa no final.

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Deu pequi no Multishow

Deu pequi no Multishow

Deu pequi no Multishow

Não, ninguém saiu com a boca cheia de espinhos, mas o aviso foi dado pela dupla Jorge e Mateus. Isso mesmo! No último Villamix que ocorreu em Goiânia, transmitido ao vivo pelo Multishow, nosso famoso pequi despertou a curiosidade dos entrevistadores. 

“Por que não pode morder? Não é pra comer?” Essas e outras perguntas surgiram durante a entrevista. Para tentar explicar tudo, Jorge e Mateus sugeriram que eles experimentassem a Panelinha do Cerrado do Caseratto. Nela, eles poderiam degustar o delicioso sabor do pequi, conhecer a fruta e outras delícias do nosso cerrado.

Atendendo ao pedido, nosso chef preparou o prato e entregamos à equipe do Multishow para degustar. O resultado, você confere na íntegra abaixo.

Deu pequi no Multishow

Deu pequi no Multishow

Deu pequi no Multishow

Deu pequi no Multishow

 

A Panelinha do Cerrado é feita com arroz, pequi, palmito, linguiça, frango e cebola. O arroz é servido “molhadinho” e lembra muito um risoto. Temos a versão para 2 ou 4 pessoas. O sabor acentuado do pequi e da linguiça pedem harmonização com um bom vinho tinto. De preferência um nacional para privilegiar a nossa vinicultura. Nossa adega está cheia de opções para você fazer essa harmonização.

No Caseratto, além de opções da culinária goiana, temos diversas opções da culinária nordestina e muitas outras. Acesse nosso cardápio e conheça mais!

Para você que ainda não conhece o pequi, abaixo listamos algumas curiosidades.

  • O nome vem da língua Tupi e significa “pele espinhenta”
  • Possui mais vitamina C do que uma laranja
  • É um grande inflamatório natural
  • Pode ser 100% aproveitado
  • Da polpa pode-se extrair o azeite de pequi 

Vem pro Caseratto e cultive o bom gosto!

O Caseratto agradece ao Jorge e Mateus pela oportunidade de divulgar a culinária goiana e convida todos para experimentar a Panelinha do Cerrado. Deixamos também nossos agradecimentos à equipe do Multishow pelo profissionalismo e espaço cedido. Contem sempre conosco!

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Como surgiu o Happy Hour

Como surgiu o Happy Hour

Como surgiu o happy hour

A origem da expressão é indefinida. Uma versão não comprovada, e muito suspeita acerca do surgimento, remete ao naufrágio do Titanic. Segundo a história, quando o Titanic estava afundando e já não havia mais botes salva-vidas, um passageiro vai ao bar e pede uma dose de whisky antes de pular no mar.

Depois de pedir uma dose single, o barman insiste na dose double. Irritado, o passageiro retruca o barman dizendo:

– Você não está vendo que estamos afundando! Por que raios preciso de um double?

O barman responde:

– Você está na happy hour senhor.

Outra versão não tem nada a ver com chopp ou petiscos e data do século XIX. A expressão foi usada para definir o período recreativo dos marujos a bordo do navio americano U.S.S Arkansas. Durante a happy hour, os marinheiros poderiam relaxar e praticar atividades recreativas como boxe e assistir a filmes.



No happy hour, aqui e agora, tudo está bom, tudo está ótimo!

Somente em 1920, durante a lei seca nos Estados Unidos, o termo foi associado ao consumo de álcool. A expressão happy hour era uma forma amenizar o fato de que as pessoas estavam desrespeitando a lei. Após o trabalho, grupos de amigos se encontravam em pubs e pequenos restaurantes para consumir coquetéis e cervejas antes de voltarem para casa para o jantar.

Mesmo após 5 de dezembro de 1933, quando a lei seca foi revogada, o termo continuou sendo utilizado com a mesma conotação, sem exploração comercial ou popularidade. Somente em meados dos anos 60 a happy hour passou a ser utilizada como forma de atrair clientes nos bares e restaurantes. Surgiram os happy hour specials e a criatividade ao redor do tema explodiu na forma de publicidade.

Atualmente o contexto envolvendo a happy hour remete a aproveitar o presente, o agora. Depois do trabalho e antes de voltar pra casa, aqui e agora, na happy hour, tudo está bom, tudo está ótimo! O dia sempre está lindo na happy hour!

No happy hour, aqui e agora, tudo está bom, tudo está ótimo!


Agora que você sabe como surgiu a happy hour, aproveite e veja 6 motivos para curti-la aqui no Caseratto. Nossa happy acontece de terça a sexta das 17:00 às 20:00h (exceto feriados). Acesse a página exclusiva e veja os detalhes.

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Fique por dentro do mundo Heineken

Fique por dentro do mundo Heineken

A queridinha do Happy Hour tem muitos fatos interessantes em sua história. Fique por dentro de várias curiosidades sobre a amada cerveja da garrafa verde.

Uma das marcas mais respeitadas do mundo, adorada pelos jovens modernos e descolados, a Heineken é referência em qualidade, sabor, inovação e até mesmo em tradição já que é produzida com a mesma receita a 140 anos. Com sua inconfundível garrafa verde, conquistou os bares, pubs e um público pra lá de exigente durante sua trajetória.

A Heineken nasceu em 1864, quando Gerard Adriaan Heineken, com 22 anos comprou uma pequena cervejaria De Hoolberg, a maior da cidade de Amsterdã, com a ajuda de sua mãe, mas somente no dia 11 de janeiro de 1873, a cerveja Heineken (que se chamou HEINEKEN’S até 1962) foi lançada no mercado holandês. No Brasil, a cerveja desembarcou em 1990, produzida pela FEMS Cerveja Brasil, sob licença e supervisão da Heineken Brouwerijen B.V. de Amsterdã.

O processo de fabricação é distinto, isso, consequentemente resulta em um produto com o sabor refinado, marcante e consistente. Por essas características, a receita da Heineken é premiada internacionalmente.



A Heineken é a 3º maior cervejaria do mundo

 

Os ingredientes da cerveja são: água, malte de cevada, lúpulo e levedura, nenhum tipo de conservante ou aditivos são adicionados, além disso, o processo de fabricação conta com métodos exclusivos, criando assim, uma cerveja com aromas, sabores, corpo e personalidade singular.

Atualmente, a Heineken é a terceira maior cervejaria do mundo em rentabilidade e a terceira em volume de vendas, com mais de 250 marcas, mais de 85 mil funcionários e cervejarias, além de estar presente em mais de 70 países. A marca ainda é uma das principais patrocinadoras da UEFA Champions League. Além de eventos esportivos, a Heineken coloca sua marca em grandes e interessantes plataformas de entretenimento, atualmente é patrocinadora oficial de festivais de música como o Rock in Rio, Sonar e Coachella.

A inconfundível garrafa verde surgiu no ano de 1930, antes disso as garrafas e o rótulo da marca passaram por algumas alterações. A garrafa verde foi inserida no mercado pelo fato da cervejaria ser a primeira a exportar cerveja engarrafada, com o intuito de garantir que a garrafa se destacasse das outras marcas produzidas localmente, os consumidores percebessem a diferença e o padrão de qualidade Heineken.

Agora que você sabe bastante sobre a história da Heineken, está na hora de vir aproveitar o Happy Hour do Caseratto, com chopp Heineken e Amstel, de terça a sexta-feira, das 17h às 20h, além de drinks e petiscos especiais. Vem para o Caseratto aproveitar o chopp super encorpado, de qualidade e com ingredientes selecionados.

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Saiba tudo sobre Angus e cortes Argentinos

Saiba tudo sobre Angus e cortes Argentinos

Cortes nobres, direto da Argentina chegaram para você apreciar e se deliciar. Descubra tudo sobre a Raça Angus e um dos cortes mais famosos do nosso vizinho.

Os cortes argentinos têm destaque entre os melhores do mundo. O gado é criado em pastos planos, quase sempre em confinamento e provém do cruzamento de raças europeias. Isso resulta em uma carne mais suculenta e marmorizada, que consequentemente reflete no sabor.

Provavelmente você já ouviu falar em Angus, a raça bovina tem sido muito divulgada pela mídia, e recebido muitos prêmios em várias partes do mundo. Atende as exigências de mercados como o europeu, por ser de altíssima qualidade. Ainda possui uma camada de gordura considerada perfeita, que não é fina, nem grossa e além de tudo, é marmorizada, portanto, fica dentro da musculatura do animal, o que deixa a carne mais magra e com o mesmo sabor de uma carne com mais gordura. Sendo assim, a carne é extremamente macia.

A Raça Angus tem características produtivas muito positivas. A raça tem origem escocesa e vem sendo estudada e modificada geneticamente desde 1800. O criador só precisa acompanhar de perto a criação e adequar para que o animal atinja o peso ideal no menor tempo possível, e que além disso, também gere matrizes férteis, que tenham uma excelente capacidade de reprodução com o menor número de perdas. A raça, ainda possui uma grande resistência contra a enfermidades e se adequa facilmente a diferentes condições climáticas. Isso facilita, e muito a sua criação.



Conheça o Bife de Chorizo Angus no Caseratto

O Bife de Chorizo Angus é provavelmente um dos tipos de corte argentino mais famosos. Pode ser feito na grelha, trazendo junto o sabor de brasas e lenha e também pode ser grelhado na chapa. Acompanha uma generosa capa de gordura, é um corte alto, que preparado corretamente fica muito suculento, independente do ponto que você escolher. Tradicionalmente, o Chorizo Angus é servido com batatas ou legumes assados, salada, batatas fritas e caiu no gosto do brasileiro que adaptou para o seu paladar.

Se você quer aproveitar um bom Chorizo Angus, direto da Argentina, com a melhor qualidade e muito sabor. O lugar ideal é o Caseratto, só uma steakhouse de responsa te garante essa experiência incrível, deliciosa e internacional. Vem fazer uma viagem pra Argentina no Caseratto.

 

Assine para receber novidades: promoções, datas especiais, drinks novos e dicas.

UNIDADE MARISTA: R. 1132, 755 - St. Marista, Goiânia - GO, 74180-110

UNIDADE PASSEIO DAS ÁGUAS SHOPPING: Av. Perimetral Norte, 8303, Goiânia - GO, 74445-360

Pin It on Pinterest